sábado, 18 de fevereiro de 2012

Construindo seu altar


O altar é um lugar um lugar que transformamos em sagrado e utilizamos como ligação com entidades, como santos, anjos, elementais e deuses da nossa crença. Esse local deve ser bem escolhido e respeitado, para que traga bons fluidos pra sua dona e seu lar. O altar deve conter os objetos utilizados em seus rituais. Cada um deles possui seu significado e caracteristicas tradicionais. Para quem está começando, é bom tentar manter estas caracteristicas, pois os objetos tradicionais possuem mais força, uma vez que estão ligados ao inconsciente coletivo. Como existem várias correntes e tradições dentro da bruxaria, os elementos presentes num altar podem variar um pouco. Ao decidir seguir alguma linha, você deve estudá-la e conhecê-la o suficiente para montar seu altar de acordo com essas tradições seguidas e obter melhor seus benefícios.
  Agora, o mais importante num altar é que os objetos estejam ligados à psique de sua dona. Por isso, ao montar o seu, sinta-se livre para modificar o que lhe incomoda e colocar objetos com os quais possua alguma afinidade. Seu altar é a sua ligação com o divino e com a magia e, é preciso ter objetos que realment o ajudem a obter essa ligação.
  Caso sua família não permita um altar em casa, não precisa criar um problema familiar por isso, pois harmonia é importante para a criação e manuntenção de um. Se houver parentes que vibrem negativo e mexam com raiva no seu altar, vão acabar destruindo o trabalho que está lutando para construir. Então é melhor deixar para fazer um no dia que tiver possibilidades reais. Enquanto isso, crie um altar virtual ou em sua mente e utilize o em mentalizações.


Montando o altar:


O altar de uma bruxa deve tradicionalmente ficar ao norte. Uma vela preta deve ser colocada a oeste para simbolizar a deusa e uma branca para o deus. Não se assuste em relação à vela preta. Na bruxuraria, a cor preta não possui um significado negativo como estamos acostumados a associar devido à nossa cultura.
O preto para as bruxas é uma cor poderosa, pois acredita-se que capta as demais energias. Por isso, elas utilizam vestes negras: com esta cor elas se tornam mais poderosas. Mas se ainda assim o preto incomodar você, deixe-o fora de seu altar. Substitua a velas por imagens dos deuses. Ou então, coloque um castiçal com a lua e uma vela vermelha ou rosa para a deusa, e outra com sol e uma vela azul para o deus, simbolizando os aspectos feminino e masculino. Vamos ver melhor os outros objetos do altar:


Cálice


Representa o útero da grande mãe. É utilizado para consagrar e beber o vinho (ou água) durante os rituais. O cálice pode ser feito de vários materiais como o cristal, latão ou prata.

Punhal ou Athame


Tradicionalmente é feito de prata e possui o cabo preto. É um instrumento direcionador de energias durante os rituais e encantamentos. Não é utilizado para cortar nada, apenas como simbolo ritualistico.
É com o punhal que se traça o círculo para abrir um ritual.

Pentagrama


É uma estrela de cinco pontas dentro de um círculo, usado para proteção. Pode ser feito de qualquer metal, ou mesmo desenhado e colado em uma cartolina. Representa os cinco elementos: água, fogo, terra, ar e espírito ( Éter ).

Caldeirão


Assim como o cálice, o caldeirão representa o útero da Grande Mãe. É nele que se preparam os feitiços, as poções e que se acende o fogo para os rituais (quando não é possível acender uma fogueira). De preferência deve ser de ferro, mas também pode ser de barro ou cerâmica. Deve-se evitar os feitos de material sintético, como plástico, teflon ou alumínio. O caldeirão pode ser de qualquer tamanho, mas é melhor que caiba no mínimo um litro de água.


Varinha

Possui o mesmo significado que o punhal e muitos preferem utilizá-la em seu lugar para abrir o ritual. A varinha nada mais é que um pedaço de galho de uma árvore. Tradicionalmente é feita de uma árvore sagrada, como o carvalho, a macieira ou aveleira. Mas não se preocupe muito com isso, pois  o mais importante é que seja um pedaço de uma árvore que seja especial para você. Assim, escolha uma de que goste e peça permissão a ela para cortar um pedaço pequeno.Se preferir, você também pode comprar uma varinha feita por outra bruxa. Existem algumas muito bonitas com cristais na ponta, que já estão encantadas e prontas para o uso. Use a sua intuição saber qual você deve usar.

Incensório


Pode ser de qualquer material e possuir qualquer formato, o importante é que permita que o incenso queime até o fim sem apagar. Simboliza o elemento ar.


Cristais


Possuem o poder de purificar o ambiente e armazenar energias positivas e criativas, sendo muito benéficos nos rituais. Não é necessário possuir muitos, um ou dois já estão bons.



Algumas pessoas tambem utilizam representações para os quatro elementos em seu altar. Você pode pôr uma pena ou incenso para o elemento ar (leste); uma planta, um pouco de terra ou mesmo um cristal para o elemento terra (norte); uma vela ou representação de dragão para o fogo (Sul); e água para  o elemento água (oeste).

Existem outros objetos importantes para os rituais dentro da magia, mas são objetos que nem sempre ficam bem em um altar, como a vassoura, a túnica (vestes ulizadas durante os rituais) e o livro das sombras ou Grimório (onde a bruxa anota seus feitiços e, se estes foram ou não bem sucedidos).

O que é Wicca?

Apesar das diversas teorias sobre a Wicca e das inúmeras correntes existentes, a melhor definição seria Magia natural. Como magia é energia, a magia natural é a forma de canalizar energia através da ligação com a natrureza.   Algumas formas de magia utilizam ingredientes caros, como ouro, prata e os rituais são bastante complexos.   A chamada Magia Natural, por sua vez, utiliza coisas da natureza e simples de encontrar, como ervas, cristais, terra, água.
  A wicca tende a ser mais uma filosofia do que religião, pois não pode ser práticada apenas por algumas horas por semana. Quem se torna uma bruxa vive uma vida mágica a cada dia, com consciência e responsabilidade. Em troca, a Wicca nos devolve a ligação com a natureza, com planeta e com o eterno, ajudando-nos a conquistar bens materiais quanto alcançar sabedoria e iluminação.

O que é necessário para seguir a Wicca?


Respeito


A tudo e a todos, ao lugar onde você vive, às plantas e aos animais que dividem o planeta com você, mesmo que eles sejam diferentes do que você gostaria que eles fossem.


Empatia


A bruxa faz parte de tudo o que vive, respira ou simplesmente existe. Por isso, antes de arrancar displicentemente folhas de árvores, pense como você se sentiria se alguém passasse por você e arrancasse fios de seu cabelo de bobeira.


Disciplina


Estudo e treinamento requerem tempo. E às vezes é muito chato, mas se chegará a lugar algum sem eles.

Paciência


As coisas dificilmente acontecem de repente e nem tudo tem efeito especial cinematográfico.


Persistência


Não desista na primeira adversidade. Quando alguma coisa não der certo, anasile o que deu errado e tente novamente com mais experiência. Use bem o tempo que ele será seu aliado.


Sabedoria


Saber quando é seu ego, orgulho ou desejo pessoal falando fará toda a diferença entre ser uma bruxa do bem ou do mal.


Liberdade


Não a física, mas a mental. Ter uma mente livre de preconceitos, medos e travas, vai fazê-la percorrer esse caminho mais rápido.


Amor


Ele deveria estar no topo da lista, mas nem todos tem capacidade de desenvolvê-lo fácilmente. Trata-se do amor verdadeiro, aquele que Jesus pregou, aquele do qual Krishna e Buda falaram. O amor verdadeiro que perdoa, que revela, que enfrenta e que existe acima de todas as coisas. Esse tipo de amor aproxima o bruxo de forças tão elevadas que ele se torna capaz das mais fantásticas magias.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wordpress Theme by wpthemescreator .
Converted To Blogger Template by Anshul .