sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Resgate de alma

Ôoo de casa!!!
Quem já não ouviu esse chamado, muito comum na cultura das nossas cidades do interior?
Pois essa expressão, analisada pelo enfoque xamânico, remete-nos ao conceito da "alma perdida" que de acordo com os ensinamentos xamânicos é uma das maiores causas de doenças.


Segundo a tradição xamânica, parte da nossa energia vital pode "descolar-se" do todo e perder-se em realidades paralelas. Nossa essência vital fica incompleta e ficamos ocos, como uma casa vazia onde só se escuta o eco da própria voz.

Como cita Jung em "O Homem e Seus Símbolos": "... um dos acidentes mentais mais comuns entre os povos primitivos é o que eles chamam de "a perda da alma" - que significa, como bem indica o nome, uma ruptura ou, mais tecnicamente, uma dissociação da consciência. Isso significa que a psique do indivíduo pode fragmentar-se facilmente diante de emoções incontidas".

Essa fragmentação ocorre diante de fatos da nossa vida que, por serem traumáticos, resistimos em enfrentá-los e, dessa forma, cindimos a nossa energia vital tornando-nos fracos e desanimados.

Marie Von Franz, analista Junguiana escreveu: "A perda da alma pode ser observada hoje como um fenômeno psicológico na vida cotidiana dos seres humanos que nos cercam. A perda da alma aparece na forma de um súbito início de apatia e desânimo; a alegria sumiu da vida, a iniciativa está mutilada, a pessoa se sente vazia, tudo parece sem sentido.
O que pode ocasionar a perda de pedaços da alma? Várias situações de vida como, por exemplo, a perda de um filho, o divórcio, relacionamentos abusivos, baixa estima, o fato da pessoa não se sentir amada; a iminência de um abuso sexual pode fazer com que a alma saia do corpo para não passar pelo sofrimento.

A depressão crônica é também sintoma de perda de alma. A pessoa em algum momento da vida, inconscientemente, deixou que um pedaço da sua essência vital abandonasse o corpo tornando-se, assim, infeliz e sem forças para superar os revezes naturais da vida, refugiando-se em sua concha, remoendo sentimentos de tristeza, desesperança e auto destruição.

A Entrega do Próprio Poder é outro fator muito comum em nossa sociedade que ocasiona perda de alma. Relacionamentos calcados em sentimentos de posse, de ciúme descontrolado, normalmente exigem entrega de poder por uma das partes. Como a maioria de nós não faz idéia do "poder pessoal", não sabe como evitar a perda e o que é pior, às vezes, entrega-o em troca de atenção, carinho e de um falso amor.
Roubo de Alma equivale ao roubo do poder. Poder é sinônimo de atitude, de ânimo, de força para enfrentar e superar os obstáculos, de alegria e amor por si mesmo. Uma pessoa que tenha inveja ou sinta-se inferiorizada diante da alegria e força de realização do outro, pode utilizar-se de meios para neutralizá-lo, como por exemplo, agredi-lo verbalmente, menosprezar suas qualidades e seu trabalho, diminui-lo em público, etc. Essas situações são bastante comuns em relacionamentos hierárquicos em ambientes de trabalho, em relações afetivas, entre pais e filhos, amigos e tantos outros.


Geralmente, após o resgate de alma a pessoa sente-se inteira, retoma seu poder, toma consciência do quanto estava sendo drenada e então percebe as mudanças de comportamento que precisa urgentemente fazer. Não raro essa pessoa decide por romper os laços que a prendem, ocorrendo às vezes, término de um relacionamento que já estava totalmente corroído.

Resgatando a Alma

Para o Xamã, o pedaço de alma que se soltou está vivendo em realidades às vezes muito traumáticas ou ainda em lugares muito prazerosos de onde não deseja sair. Ao Xamã cabe trabalhar com habilidade, utilizando todo o seu conhecimento das dimensões por onde transita, poder e força de persuasão para resgatar esse pedaço de alma que pode estar aprisionado por consciências não amigáveis.

Jornada de Resgate

A jornada ou vôo da alma transporta o Xamã para outros mundos ao som rítmico dos tambores que alinham sua freqüência cerebral ao som dos batimentos cardíacos da Mãe Terra. Podem ser usados outros instrumentos tais como cristais, sacolas de poder contendo objetos significativos para o Xamã, apanhadores de alma que o Xamã recebeu ao longo de seu aprendizado e outros. O Xamã nunca viaja sozinho; leva consigo o seu animal de poder, guardiões aliados, além de contar com as energias da natureza com as quais ele se relaciona.

Bem Vindo em Casa

A técnica de Resgate de Alma é extremamente poderosa e o Xamã ao retornar com o pedaço de alma e assoprá-lo no cardíaco e na cabeça da pessoa, devolve a ele o seu próprio poder, sua inteireza. Algumas pessoas sentirão alterações imediatas; outras, perceberão ao longo dos dias que suas percepções em relação ao mundo e às pessoas que as cercam mudaram. Passam a entender melhor o seu propósito de vida.
Esse pode ser o primeiro passo de uma busca para uma vida mais plena e harmoniosa.
Ôooo de Casa!!! Alguém em Casa?

Esse texto foi tirado do seguinte site:Somos todos um 
 Escrito por Lea Lima. 

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wordpress Theme by wpthemescreator .
Converted To Blogger Template by Anshul .