domingo, 22 de setembro de 2013

Visualização, Meditação e Hipnose

  Na wicca há três coisas muito importantes que todo aprendiz de feiticeiro tem de conhecer, pois a maioria (para não dizer todos) dos feitiços e rituais requer ao menos uma das seguintes habilidades; Visualização, Meditação e Hipnose.

Visualização; É necessária na maioria dos rituais e feitiços. Sem ela seria impossível meditar ou realizar uma viagem astral (hipnose).
   Visualizar se assemelha a "imaginar" porque quando visualizamos algo estamos "imaginando", moldando formas-pensamentos ou simplesmente criando um cenário agradável com personagens ou não. Sempre com determinado propósito. Entretanto, a visualizão se difere da imaginação simplesmente porque quando imaginamos algo, temos total controle sobre a situação. Nada acontece sem o nosso consentimento. Já na visualização, deixamos a coisa rolar. Criamos o cenário e seus personagens, e controlamos as coisas só até certo ponto. O que vem depois é obra do espírito ou força contatada.
     Em geral, sabemos quando uma visualização dá certo ou não da seguinte forma; nosso cenário, inicialmente apenas fruto de nossa imaginação, torna-se mais real. E nossas emoções tornam-se mais fortes. Sentimos que realmente estamos naquele lugar e que se abrirmos nossos olhos naquele instante comprovaremos isso. Muitos não resistem a tentação e abrem seus olhos e desapontados, percebem que aida estão aqui, na mesma dimensão.

   Quem pretende se tornar um expert em viagens astrais deve dominar primeiro as artes da visualização, meditação e auto-hipnose. Comece com a visualização (sempre básica, se está começando agora, e depois que sentir-se preparado, tente visualizações mais complexas), depois passe para a meditação e por último quando dominar bem as duas artes (visualização e meditação) tente realizar auto-hipnose ou viagem astral.

Meditação; Meditar requer paciência e um ambiente propício.
Muitas pessoas moram com gente maluca e/ou barulhenta. É o irmão adolescente que ouve rap no último volume do rádio, a avó que não se cansa de falar, a mãe que não deixa de reclamar, o pai que só sabe gritar e o cachorro que só sabe latir à toa! Como meditar em um lugar assim? É praticamente impossível. Mas uma hora todo esse povo chato tem de dormir, não é mesmo?! É nessa hora, quando as luzes se apagam e todos roncam que você deve ir para seu cantinho e meditar. Quem sofre de insônia como eu, pode aproveitar as horas tediosas para meditar ou fazer viagens astrais sem ser perturbado por nada nem ninguém.

Qual o melhor lugar para meditar?

    Qualquer lugar é bom. Contanto que você possa relaxar. No entanto, existem certos lugares que são melhores que outros para meditar, como um jardim com árvores ou arbustos, por exemplo. As ninfas (elementais das árvores e plantas) podem nos ajudar a relaxar e a manter o foco durante uma visualização ou meditação. Se no entanto, não acha seguro meditar em seu jardim à noite ou se não tem um jardim em sua casa, pode colocar um vasinho de planta ou um punhado de terra em um pires no lugar onde você for meditar. Pode optar ainda por cristais (aquelas pedrinhas coloridas e baratas).
    As plantas, o punhado de terra e os cristais são representações do elemento terra.  Em uma meditação é muito importante o contato direto (quando você senta em um chão de terra ou gramado, toca uma árvore ou planta ou fica descalço) ou indireto (quando se senta em um chão de cerâmica ou invés de um chão puro ou se utiliza cristais) com a terra, pois é dela que vêm toda a fonte de poder dos elementais e das bruxas. É delas que tiramos nosso sustento e o poder necessário para para realizarmos nossas magias e nos protegermos de forças hostis, além de a usarmos para reciclar nossas energias.
     Podemos retirara energia da terra através da visualização; sente-se confortávelmente no chão e relaxe. Coloque suas mãos sobre o chão e feche os olhos. Então visualize todo e qualquer excesso de energia deixando seu corpo através de suas mãos, e indo direto para a terra... Bem no fundo dela, direto para o seu centro. Quando sentir-se mais leve, ou seja, sentir que toda a energia ruim abandonou seu corpo, visualize (se quiser ou precisar) que agora está extraindo energia positiva (saúde, poder, força, determinação, o que precisar) da terra em seu favor. Só não seja tolo em tomar para si mais do que realmente precisa ou pode ocorrer um desequílibrio. Também tome cuidado para não tocar ninguém logo em seguida que realizar essa visualização ou você pode ficar enjôado de repente.
   Também é possível extrair ou reciclar energia através de outros elementos como o ar e a água.

Absorvendo energia através do Ar

  Vá a um lugar, preferencialmente ao ar livre e com verde, onde o ar seja puro.
Tente relaxar. Inspire o ar contando até três. Em seguida, solte a respiração contando até cinco. Inspire novamente contando até três e enquanto faz isso, visualize que está absorvendo o "prana", a energia vital. Quando soltar a respiração, a energia que absorveu anteriormente continua em seu corpo. Faça isso quantas vezes achar necessário.

  Reciclando a energia através de um banho

   Sim. Você pode fazer isso enquanto toma seu banho.
Feche seus olhos e visualize que a água do chuveiro que cai sobre seu corpo é dourada. Essa água que cai sobre seu corpo lava não apenas seu corpo, mas seu espírito. Removendo todas as impurezas indesejáveis de sua aura. Você pode visualizar essas impurezas como uma água suja que sai de seu corpo e desce pelo ralo.
  Visualize também a água dourada preenchendo você de energias positivas.

Mantenha a concentração

   Muitas pessoas tem dificuldade de se concentrarem durante uma visualização, meditação ou auto-hipnose.
  O melhor a se fazer para manter o foco e a concentração é relaxar e dizer a você mesmo que vai se concentrar e não pensar em mais nada. Também pode tentar trabalhar em um ambiente escuro. No caso na hipose, isso não é uma opção é uma regra.
   Às vezes, uma boa música pode ajudar. Tem de ser algo que envolva, que relaxe, que toque sua alma. Nada de música agitada ou barulhenta como Linkin Park e Paramore. Tente uma música celta ou Anya. Entretanto, se você acha esse tipo de música é chato, tudo bem. Tente Katherine Jenkins ou Bethoven. Independente do estilo, só o que importa é que você relaxe e que sinta inspirado. Eu mesma, amo música celta e tenho um cd com músicas para atrair as fadas. Mas igualmente, me sinto inspirada com "Overt it" de Katherine Mc Phee, "Losing grip" de Avril Lavigne e "Buttons" de Pussycat Dolls.
     Você não pode se prender a letra da música, mas ao seu ritmo e batida, sim. Procure músicas com um ritmo que você considere mistico, que toque o seu "eu feiticeira".

  A posição de lótus (com as pernas cruzadas) é a mais recomendável para a meditação.

Uma ajudinha de Lethe, a deusa do esquecimento

  Você pode pedir ajuda a deusa Lethe para esquecer tudo o que lhe perturba e assim poder se concentrar.

Prece a Lethe

   Lethe, deusa do esquecimento
Peço-te para repousar as mãos em minha cabeça
E verter para fora de minha pele as águas esquecedoras,
Para suavizar os problemas da minha mente,
Para acalmar meus pensamentos frenéticos,
E para me ajudar a encontrar paz
Para que eu possa dormir.*

* Substitua a palavra dormir por meditar, visualizar e etc.

Viagem astral

  A viagem astral acontece quando uma pessoa através de uma hipnose visita outra dimensão.  Podemos "viajar" para onde quisermos, desde os Reinos elementais ao Reino dos mortos. Entretanto, não recomendo que uma pessoa inesperiente faça uma viagem astral sem supervisão de alguém que entende do assunto pois pode ser muito perigoso. Por exemplo, você sabia que quando uma pessoa visita os reinos elementais ou o reino dos mortos não pode comer nem beber nada durante sua tour ou ficará preso aquela dimensão eternamente? Pois é! Uma pessoa experiente, que já está acostumado a viajar entre as dimensões, sabe se proteger dos perigos e das ciladas que encontra pelo caminho durante sua tour. Já uma pessoa inesperiente não sabe nada e pode se dar muito mal.
   Quando viajamos para outra dimensão temos de voltar depois pelo mesmo caminho que tomamos para chegar até onde chegamos ou nos perderemos e não acharemos a saída. Dependendo se você comeu ou bebeu ou o quanto se perdeu você pode não acordar nunca mais e terá sorte se ficar em coma. Mas o que é mais comum é que o viajante descuidado, retorne a essa dimensão. Entretanto, como ele não volta pelo mesmo caminho, fica preso espiritualmente àquela mesma dimensão que visitou e isso só é o começo do problema. Pois todas as noites quando dormir, sua alma retornará involuntáriamente aquele mesmo lugar. Os seres que o impediram de achar o caminho certo, o manterão preso até o dia de sua morte, quando levarão sua alma para aquele lugar de uma vez. Se é um lugar belo com fadas e unicórnios, tudo bem. Mas se for o contrário, um lugar  horrendo, habitado por seres malignos, você não vai querer estar lá. 
   E como sair de um lugar desses? Como realizar uma hipnose ou viagem astral sem riscos?
    No meu próximo livro (ainda sem título) vou falar de Visualização, Meditação, Auto-hipnose, Viagem Astral e Abiduções. Siga o blog por email e aguarde o lançamento do livro em breve!

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Wordpress Theme by wpthemescreator .
Converted To Blogger Template by Anshul .